23 de fevereiro de 2008

Alteração nas Notas de Avaliações

Neste curto tempo de postagens das minhas anotações dos vinhos degustados, senti que o sistema de nota não era o ideal, pois meu objetivo não é tentar fazer a comparação direta se um vinho é melhor que outro, e sim postar minha opinião (claro levando em consideração a alguns critérios), se o achei Bom, Muito Bom, Excelente, etc.

As notas de avaliações aqui apresentada no Colheita de Vinhos foram alteradas para ficarem igual ao Blog Vinho para Todos, ou seja no sistema de taças:
1 Taça: RUIM
Me arrependi de ter comprado, ruim mesmo!!!
Nota: 1 taça : RUIM

2 Taças: REGULAR
Não chega a ser Ruim, mas não cheguei a gostar, portanto não comprarei novamente.
Nota: 2 taças : REGULAR

3 Taças: BOM
Achei-o Bom, Será bom para o dia a dia caso tenha um custo baixo.
Nota: 3 taças : BOM

4 Taças: MUITO BOM
Vinho Muito Bom ! tendo oportunidade gostaria de degustar novamente!
Nota: 4 taças : MUITO BOM

4,5 Taças: EXCELENTE
Vinho que com certeza irei atrás de adquirir mais algumas garrafas!
Nota: 4 taças e meia : EXCELENTE

5 Taças: EXTRAORDINÁRIO
Vinho que com certeza irei atrás de adquirir mais algumas garrafas, será um vinho "meu preferido", irá deixar saudades ...
Nota: 5 taças : EXTRAORDINARIO

Serão levadas em consideração Aspectos Visuais, Características Olfativas, Características de Sabor, Custo/Benefício.
Lembrando que são comentários do ponto de vista de um iniciante.
Os vinhos aqui comentados são vinhos que um cidadão comum pode comprar.

Saúde!

Um comentário:

Vinho para Todos disse...

Meu caro,

acho que fez uma boa opção para avaliar os vinhos que "colhe". Gostei muito da descrição de cada "nota". Ficou muito melhor do que as que elaborei em julho/06, quando comecei o blog. Já pensei em mudá-las, mas não gosto de postagens que não sejam comentários sobre os vinhos.

Uma coisa ficou clara no seu critério: você não avalia um vinho em comparação com outro, mas com ele mesmo em relação ao preço. Está certo. Seria injusta a comparação entre um malbec argentino e um pinot noir chileno, por exemplo. São vinhos tão distintos que não se pode compará-los.

Parabéns também pelas "taças", são bem mais bonitas do que as minhas.

Abraço.